Outbound Marketing: O que é e como pode ajudar sua empresa?

Conheces o termo Marketing Outbound, certo? Provavelmente, em algum momento, já deves ter encontrado um anúncio dessa estratégia.

O Outbound é uma estratégia de marketing proativa e disruptiva projetada para alcançar o público-alvo. Essencialmente, é o oposto do marketing inbound e foca em atrair um público-alvo mais segmentado.

Descobre no post de hoje todos os detalhes sobre o Marketing Outbound e como pode ajudar o teu negócio.

O que é Outbound Marketing ?

O Marketing Outbound (que significa literalmente marketing de saída) é uma estratégia publicitária em que a propaganda é “disparada” para um público-alvo não direcionado, interrompendo a atenção das pessoas com algo que geralmente está fora de contexto em relação ao interlocutor naquele momento.

Os canais típicos do Marketing Outbound incluem mídia impressa, cartazes, jornais, panfletos, ligações telefônicas, rádio, TV, banners e e-mails.

O Marketing Outbound parte do princípio de que as mensagens de marketing geradas pela empresa são enviadas por vários canais, de modo que a mensagem certa chegue à pessoa certa no momento certo, interrompendo-a, de certa forma, em seu dia a dia.

O marketing de saída se torna eficaz quando a mensagem é simples e repetitiva.

A frequência com que você lança sua mensagem afetará o público e a probabilidade deles ouvirem e se lembrarem dela.

O Marketing Outbound geralmente utiliza os seguintes canais:

  • Espaço publicitário em jornais;
  • Comerciais de televisão;
  • Comerciais de rádio;
  • Panfletos;
  • Cartazes;
  • Marketing por e-mail;
  • Publicidade em sites (banners).

Os pontos fortes do Outbound

A capacidade de alcançar clientes “inesperados”: Especialmente durante as fases de execução de uma startup, o envio de e-mails ou chamadas telefônicas para um destinatário desconhecido pode trazer bons resultados, incluindo a aquisição de novos clientes.

A coleta de informações: Chamadas telefônicas frias (chamadas não solicitadas, feitas para pessoas que nunca foram vistas ou ouvidas antes, por isso “frias”) podem ser um método eficaz para gerar vendas, pelo menos inicialmente, pois fornecem informações sobre os clientes e seus interesses em produtos e serviços.

O escopo offline: Folhetos, outdoors e cartazes não requerem necessariamente suporte digital e ainda são amplamente utilizados. O mesmo vale para a televisão e rádio. É verdade que não podemos viver sem a Internet, mas há contextos, como negócios locais, em que o contato “offline” com o potencial cliente ainda tem um efeito notável.

Os pontos fracos do Outbound Marketing

 No entanto, pontos fracos desta estratégia existem, confira alguns deles a seguir:

Custos maiores: imprimir panfletos, outdoors, banners, jornais tem um preço muito mais alto quando comparado à mídia digital. O mesmo acontece se pensar em transmitir um anúncio na TV ou no rádio.

Dificuldade em rastrear o ROI: Com o Marketing Outbound, é particularmente difícil calcular o retorno do investimento das atividades de marketing realizadas, devido à falta de rastreabilidade direta da resposta do utilizador.

A interrupção:Interromper o dia-a-dia do potencial cliente, seja por meio de um banner ou uma ligação, é sempre visto como um incómodo tanto online como offline.

Prospecção de clientes gera resultado?

A prospeção de clientes é a etapa inicial do funil de vendas, que consiste em contactar possíveis clientes através de uma lista de leads pré-qualificados pela equipa de inteligência comercial ou por representantes de desenvolvimento de vendas (SDRs). Estes últimos também assumem o processo de contacto ainda na fase de prospeção.

Os leads que foram pré-qualificados passaram por filtros conhecidos como pré-qualificação e, ao atingirem essa etapa, podem ser alvo de prospeção. Por isso, um processo eficiente de prospeção de clientes é vital para que qualquer empresa obtenha resultados.

O outbound faz uso da prospeção ativa dos leads gerados pela Inteligência Comercial.

Em geral, a prospeção outbound é mais direcionada para vendas B2B, sendo possível obter resultados a curto e médio prazo.

Criar um sistema consolidado fortalece sua marca?

Uma marca é mais do que apenas um logótipo, uma identidade visual ou um nome. É um conjunto de sentimentos e experiências que o seu público obtém e cria a partir dos produtos ou serviços que você oferece.

Esse processo geralmente é pessoal e cada pessoa entende a sua marca de forma diferente. Essa percepção será sempre baseada na formação social, cultural e económica de cada indivíduo, principalmente na experiência que tiveram com a sua empresa.

Por isso, uma estratégia de marca é essencial. O marketing outbound é um processo de prospeção baseado em perfis de clientes ideais, a fim de garantir que a sua marca seja lembrada no momento da compra.

Considerações finais

O marketing de saída é um canal que pode ser vantajoso em certos mercados onde o marketing inbound não consegue alcançar.

Para tomar a decisão correta, é necessário entender o seu modelo de negócio e o tipo de produto a ser anunciado, e também levar em consideração que o marketing outbound muitas vezes requer um investimento económico significativo.

Obviamente, nada impede a possibilidade de combinar as duas estratégias, Inbound Marketing e Outbound Marketing, para perseguir objetivos distintos, porém complementares.

Se ficou interessado pelo conteúdo e deseja aplicar essa e outras estratégias de marketing na sua empresa, entre em contacto com a 23A digital para saber mais.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
plugins premium WordPress